quarta-feira, 4 de maio de 2016

DIA DAS MÃES


Filha,
assim como me conheci mais em você,
você em Antonela!

Vestido azul para o Davi por cultura.
Pode ser!
Vestido azul é detalhe.
Importante é Davi.

Vestido rosa para Antonela?
Vermelho.
Vestido vermelho, azul, rosa...
Detalhe!
Importante, Antonela.
Paixão!

Apaixonar-se é amar incondicionalmente.
Assim mães e filhos.
Crescidos, vacinados, barbados, casados,
sempre nossos bebês, nossos meninos, nossas meninas.

Dia das mães?
Ilusão!
Para elas, sempre dia dos filhos.
O que mais desejam?
Ver os filhos.
Ouvir os filhos.
Saber dos filhos.

Filho bem, mãe bem!

Fernanda,
ser mãe de menina,
é ser mãe de mãe!
É lindo.
É paixão.
É Vida.


Parabéns pelo dia das mães!

Leni, maio de 2016.

domingo, 20 de março de 2016

21 de março - Dia Internacional da Poesia!



Poema


Um texto escrito com rimas, com ritmo,
com melodia.

Um texto colorido, risonho, medonho.

Poesia,
é o olhar!

Olhar de cada um para a pessoa amada, para o sorriso do bebê,
para o bichinho de estimação.

Poesia é o pôr do sol. É o primeiro batom.
É a chuva fina de inverno.
É sentir frio de emoção.

Poema e poesia de mãos dadas. A poesia em um texto é o poema!

Ou não. Olhar!
Leni, 2014.




sábado, 12 de março de 2016

NASCEU UMA AVÓ


Dia 26 de julho de 2014 nasceu.
Nasceu um anjo.
Nasceu uma estrela.
Nasceu um rei.
Nasceu o Artur.

Com ele, nasceu uma avó.

No dia dedicado à vovó
nasci tão especialmente
na ordem natural da Vida
para a vida de avó.

É mágico!


Dia 02 de janeiro de 2015 nasceu.
Nasceu um anjo.
Nasceu uma estrela.
Nasceu um rei.
Nasceu o Davi.

Com ele, cresceu a avó.


Dia 31 de julho de 2015 nasceu.
Nasceu um anjo.
Nasceu uma estrela.
Nasceu um rei.
Nasceu o André.

Com ele, agigantou-se a avó.

E agora, meu Deus,
com Antonela, o que dizer?



A mulher!
Uma flor.
A expressão completa do amor.
Anjo, estrela e rainha!

Vovó completa.
Completamente feliz.
Nem mágico nem real.
Indescritível.

Serei vovó de uma menina!

Renovar sentimentos
de amor incondicional.
Amor, sorriso e flor
no dia a dia

é poesia!




Neta de vovó Leni escreve poesia!!!!!!


13 de março de 2016.
  



quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Eu prefiro ser
...






Bom dia, sol!
Raul Seixas

Amanhece, amanhece, amanhece,
amanhece, amanhece o dia.
Um leve toque de poesia.
Com a certeza que a luz
que se derrama
nos traga um pouco, um pouco,
um pouco de alegria!

A frieza do relógio
não compete com a quentura
do meu coração.
Coração que bate 4 por 4
sem lógica, sem lógica
e sem nenhuma razão.
Bom dia sol!!!
Bom dia, sol!

Olha a fonte, olha os montes.
Horizonte.
Que a luz que enxovalha e guia.
A lua se oferece ao dia.
E eu, e euguardo
cada pedacinho de mim
prá mim mesmo
rindo louco, louco,
mais louco de euforia.
Bom dia sol!!!
Bom dia, sol!

Eu e o coração.
Companheiros de absurdos
no noturno, no soturno.
No entanto, entretanto
e portanto ...
Bom dia sol!!!
Bom dia, sol!







Que todo o mal
vire amor,
que toda a dor
vire flor
...




NA CIDADE




NA FAZENDA
























terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Descrição De Mulher
Leni Chiarello - 06/02/2016


Feita guerreira,
fingida frágil.
sou amor.


Fica comigo.
Quieto.
Somente comigo.
Assim quieto.

Deixa o silêncio falar
ao som dos nossos corações.


A música do luar
é suave,
embala os sonhos
no ritmo da felicidade.

Assim,
você e eu, quietos,
no colo do silêncio
bebendo o licor
da felicidade
após o Grande Ato.


... de amor!






CAROLINA ABRIU UMA PORTA
Leni Chiarello - 06/02/2016
Onde Carolina abrir portas,
correrá mel.
Os caminhos facilitados a Carolina
serão abençoados
pela abundancia de Vida.
Carolina está sentindo as dores de parto.
Doem, músculos, ossos e alma.
Doem.
A dor da felicidade!
A abundância está próxima.
As portas para o Grande Jardim
estão se abrindo pelas mãos
de venturados anjos de luz.


Carolina abriu uma porta!