sábado, 12 de maio de 2018

quinta-feira, 12 de abril de 2018

VERSOS PARA MEUS FILHOS


            Um sofrimento feliz
            Um sentimento nunca antes vivido
            Uma geração que sabe o que diz
            E assume o filho parido

            Se são os filhos que escolhem seus pais
            Gratidão, meus filhos!
            Perdão, por não fazer mais.
            Nossa chatice pensa em colocar vocês nos trilhos.

            O mundo está cada dia melhor
            Só porque você existe!
            Sorria, a vida está sendo registrada
            E de você ela jamais desiste.

            Abundância é nosso (meu e teu) direito.
            O Universo Infinito conspira.
            A felicidade é nossa sempre realidade
            E tudo é beleza e arte que nos inspira!





quinta-feira, 15 de março de 2018

O sonho



Chorando, Ana dirigiu até a capital,
para distrair.
Movimento urbano,
cidade grande,
gente na rua,
barulho,
luzes...
Confusão no trânsito por causa de obras.

De repente Ana já retornava da viagem.
E não encontrava a saída da cidade.
Perguntou a uma atendente de loja, que estava na porta
e que se ofereceu para acompanha-la até a saída.

Seguiram por um caminho de terra,
estreito, com pasto alto e verde dos dois lados.
Ana estranhou e parou o carro.
Havia um homem no banco detrás.

De onde surgiu o homem? Estranho!
Ele desceu do carro
e tirou do bolso dois canivetes tipo foices,
esfregando as laminas uma na outra.

Disse: você vai comigo fazer justiça; porque
eu faço justiça; se precisar matar por você eu mato;
tenho uma pessoa para matar; você dirige para mim
que eu preciso matar essa pessoa.

Ana ofereceu o carro.
Não queria dirigir pra ele matar pessoas.
O homem ameaçou.
Entraram no carro e andaram até um hotel.
Tomaram banho.

Na água do banho do homem,
havia sangue.
Ana procurou nas roupas dele os canivetes.
Não encontrou.
Viu-a procurando; ficou zangado.

Retomaram o caminho.
Pararam mais uma vez.
Agora em uma casa de madeira,
escurecida pelo tempo por falta de pintura.
Entraram.

Ana não identificou o estabelecimento.
Somente que era uma casa.
A cozinheira era a merendeira
da Escola dos filhos de Ana.

Por um momento Ana sentiu-se
aliviada. Pessoa conhecida.
Estariam indo para casa. Caminho certo.
A moça da loja saiu de cena, evaporou.

O homem sentou-se no chão,
ao lado da geladeira, bem próximo ao motor.
Com o homem meio escondido na geladeira,
Ana falou para a cozinheira: estou sendo sequestrada
e ameaçada de morte.

Ele percebeu.
Ana aproximou-se para conversar,
mais confiante pela aliada,
e percebeu fumaça saindo do corpo dele.
A cozinheira também se aproximou.
Viram faíscas saindo do motor da geladeira
e atingindo as roupas do homem.

As vestes do homem eram do estilo
das vestes da época de Jesus Cristo,
brancas, sujas e amarradas por cordas.
Ana avisou-o que estava sendo atingido pelas faíscas.
O homem manteve-se imóvel,
olhando fixo e triste para Ana,
com ar de decepcionado.

Ana teve a sensação
de que o circuito fora provocado, por ele.
Quando o circuito cessou, o homem estava
encolhido dentro das vestes.
Ana abriu os panos e só havia um punhado de cordas,
em feixes, que Ana pegou com uma das mãos
e levantou, como se fossem grossos espaguetes.

Mostrou à cozinheira, que não entendeu nada.
Ana pensou: ele me mostrou o caminho de casa!


Leni, 2017.




sexta-feira, 9 de março de 2018

Governador declara de utilidade pública a Academia Sinopense de Ciências e Letras


O governador Pedro Taques (PSDB) sancionou a lei aprovada pela Assembleia Legislativa que declara de utilidade pública a Academia Sinopense de Ciências e Letras (ASCL). A sanção foi publicada, hoje, no Diário Oficial do Estado. A proposta foi apresentada pelo deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM).
Fundada em 2008, a Academia Sinopense de Ciências e Letras desenvolve ações de fomento à literatura e às pesquisas científicas. Atualmente funciona nas dependências da Biblioteca Municipal e conta com 21 membros.
Em assembleia realizada, em novembro do ano passado, conforme Só Notícias já informou, foi eleita a nova diretoria para o triênio 2018-2020. Klaus Henrique Santos se tornou presidente da entidade e Roberta Martins Nogueira, vice.
Ainda foram eleitos Evaldo Martins Pires (secretário); Ireneu Bruno Jaeger (vice-secretário); Leni Chiarello Ziliotto (tesoureira); Rosana Varela (vice-tesoureira); Marieta Prata de Lima Dias (bibliotecária) e Josemar Nunes (vice-bibliotecário).
O Conselho Fiscal é composto por Bernadete Crecêncio Laurindo (diretora); Brenda Carvalho (vice-diretora) e Jaqueline Sandra Diel (secretária). Já no Conselho Editorial estarão Cristiane Oliveira (diretora), Dolores Flor da Cruz Leite (vice-diretora) e Sérgio Alessandro Soares Fragoso.
Fonte: Só Notícias/Herbert de Souza
06/03/2018

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Em 2018



                         Muita paz
                          Saúde
                         Harmonia
                         Equilíbrio
                         Abundância
                          Prosperidade

                          Universo Infinito
                          Estou aberta
                         E propensa
                         A todas as coisas boas
                         A mim reservadas

                         Divino criador
                         Eu recebo
                         Eu acolho

                         Sou grata
                         À Vida
                         Suas memórias
                         Hoje
                         Amanhã
                         E sempre

                         Abundância
                         Prosperidade
  
                Leni, 2018





domingo, 22 de outubro de 2017

ASCL - LANÇAMENTOS


Manoel de Barros é o Patrono da Academia Sinopense de Ciências e Letras (ASCL). 

Ontem, dia 21 de outubro de 2017, a ASCL promoveu um importante evento Literário Cultural: lançamento coletivo de obras de seis (06) de seus 21 acadêmicos.

Acadêmicos que lançaram e relançaram livros

Leni CHiarello Ziliotto
Adelia Stedile de Matos
Irineu Bruno Jaeger
Evaldo Martins Pires
Klaus Henrique dos Santos
Sergio Alessandro Soares Fragoso



Livros de Leni CHiarello Ziliotto

Relançamento
O BRULHO DE ESTRELAS IMORTAIS

Lançamentos
AS CORES E OS AMORES – 2ª Edição
UMA FLORESTA, UMA MENINA & UM MANEQUIM

Érico Veríssimo é o Patrono da Acadêmica Leni, que ocupa a cadeira 21 na ASCL.









 Bárbara Reis – Miss Mato Grosso
Personagem principal do livro
UMA FLORESTA, UMA MENINA & UM MANEQUIM